InícioConectar-seRegistrar-se

Compartilhe | 
 

 Extras - A Revolução

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte
AutorMensagem
Ferns

avatar

Mensagens : 402
Data de inscrição : 25/10/2010
Idade : 21

MensagemAssunto: Re: Extras - A Revolução   25/8/2012, 20:04

Ahh ta
Então coloque Hugo, não vou ficar inventando.
E Lucas, as fichas estão abertas sim ^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ferns

avatar

Mensagens : 402
Data de inscrição : 25/10/2010
Idade : 21

MensagemAssunto: Re: Extras - A Revolução   25/8/2012, 20:05

Capítulo 5 - Hiro e Koshiro



Hiro se despede dos outros e se dirige a sala principal. Mizumaru se senta em uma cadeira atrás de Will e fica vendo ele se deslumbrar com aqueles arquivos. Aqueles momentos foram muito tediosos até que um helicóptero pousa no Heliporto que ficava próximo dali, em um descampado. Dele descem Marry e Ryuzakki. Hiro logo vê aquilo e corre até lá.

_O que ela faz aqui?!?!? - perguntava Hiro - Acha apropriado trazer uma humana pra cá?
_Eu contei tudo a ela Hiro. Um Extra nos atacou.
_Como?!? Porque?!?!
_Parecia mais ser uma vingança pessoal. O alvo dele não era eu e sim Marry. Precisamos protegê-la. Além do mais, tem algo que quero mostrar a vocês.

Hiro acena positivamente com a cabeça e os três entram na base. Vão até a sala onde Will está e Ryu coloca o painel do desmemoriador na mesa.

_O que é isso? - perguntava Will
_É o plano do desmemoriador.
_Desmemoriador?
_Sim, pode apagar a memória total ou parcial de qualquer pessoa. Esse é o plano de produção, mas está incompleto.
_Como conseguiu isso? - perguntava Hiro

Ryuzakki conta o acontecimento da casa de Marry aos outros, que escutam com atenção.

_Entendo... - dizia Will - Então foi assim. Os Extras estão começando a agir. Hiro, você consegue completar isso?

Hiro pega o plano e começa a analisá-lo.

_Eu não sei... - respondia Hiro - Essa é uma tecnologia muito avançada. Precisamos de coisas que não temos. Posso usar materiais alternativos, mas não sei se vai funcionar.
_Pelo menos tente, eu sei que vai conseguir. Está ficando tarde, é melhor irmos dormir. Temos duas semanas até Ferns acordar, então temos que começar o treinamento. Quero todos de pé amanha bem cedo. Eu não estarei aqui, mas Ryuzakki irá treiná-los. Até breve.

Todos se retiram e se dirigem aos seus devidos dormitórios. Will fica ali terminando de estudar os arquivos.
Como o habitual, os Antis estavam tendo uma madrugada tranquila, exceto para Hiro. Ele mal podia fechar os olhos, pois assim caía em desesperados pesadelos.
Ele acorda assustado e suando, se senta na cama rapidamente com a cabeça abaixada.


_Algum problema?

Hiro olha para frente rapidamente e vê Mizumaru sentado em sua escrivaninha.

_O que?!? Mizumaru? O que... como entrou aqui?
_Pela porta.
_Ah. O que faz aqui?
_Eu estou sem sono. Passei a noite andando por aí. Vou repetir, está com algum prolema?
_Não, não é nada.
_Eu sei quando alguém está perturbado. São fantasmas? Você sabe... fantasmas do seu passado.

Hiro olhava para Mizumaru que parecia realmente interessado na história.

_Seu nome era Koshiro. Ele foi... um grande amigo.
_Entendo, então foi isso. Quando aconteceu?
_Na adolescência.

Então Hiro começa sua história:

"Eu sempre fui odiado por meus pais. Eu nunca soube o porque. Acho que é porque sou um Extra, mas não sei como eles sabiam disso. Na escola, todos me odiavam. Eu pensava em suicídio todos os dias. Mas conheci um garoto que passava pelas mesmas situações que eu. Eu não era o único com aquelas circunstâncias. Ele era Koshiro. Nós nos tornamos amigos inseparáveis. Ele era a única pessoa que não me tratava com desprezo e eu a ele. Mas um dia estávamos voltando da escola. Nós ficamos mais lá por causa de um reforço extra que tínhamos na escola. Não que precisássemos, mas qualquer lugar era melhor que nossa casa. Estávamos em um beco escuro quando um homem apareceu. Ele sacou uma arma estranha, e disparou contra Koshiro. E do mesmo jeito que o homem apareceu, ele sumiu. Naquele dia, prestes a morrer, Koshiro me contou tudo sobre os Extras. Ele era um, mas recusou se unir a eles, por isso o mataram. Ele me disse que eu também era um Extra e que tinha que vencer essa revolução. Claro, naquela época, eu nem Koshiro sabíamos na existência dos Antis. O Extra do beco era um grande amador e nem sequer percebeu que eu era um Extra. Daquele dia em diante, eu nunca voltei pra casa e tenho certeza que meus pais não sentiram minha falta. Nesse estado sem rumo que Will me achou. Ele até revelou que minha mãe era uma Extra tamém. Mas era uma Extra exilada e ele não sabia porque. Mas não era uma Antis. Eu fui o primeiro deles. O primeiro Antis de Londres."

_Londres... às vezes me esqueço que estamos na Inglaterra. Na verdade eu sou americano e Ferns é brasileiro. Mas e seus pais? Tem certeza que nunca te procuraram?
_Absoluta. - respondia Hiro.
_Tem certeza que eram realmente seus pais?
_Não passava um dia sem que eu desconfiasse disso.
_Acha que os Extras tem algo a ver com isso?
_O que quer dizer?
_Bem.. sua mãe era uma Extra. Não sei se sabe disso, Hiro, mas a essência de um Extra é mostrada por alguns segundos no nascimento da criança. Depois ela se fecha em seu coração e só se revela novamente quando o Extra passa por descobertas relacionadas a sua essência. Mas só Extras podem ver essa essência do nascimento. Pense comigo, sua mãe era uma Extra quando você nasceu. No caso, quando ela deu a luz a você, sua essência se libertou. Os Extras presentes no parto, viram que ela não era compatível com sua raça e assim exilaram ela junto com você. Isso explica o exílio e seu ódio materno.

Hiro estava pasmo com aquilo. Parecia ser parte de uma grande teoria conspiratória, mas fazia sentido.

_De qualquer forma - continuava Mizumaru - vamos terminar essa conversa outra hora. Tenho que dormir e você também. Pois como disse o Will, teremos um treinamento árduo amanha.

Hiro fica olhando Mizumaru sair do quarto. Ele então se deita na cama e tenta dormir de novo. Talvez em vão, ou não.

No outro dia de manhã.

_Bom dia. - começava Ryuzakki - Espero que tenham dormido bem essa noite. Pois quando esse treinamento começar, o desejo de vocês será se tornar nosso inimigo para serem poupados dessa tortura!!!




O treinamento Antis começa finalmente. Eles tem duas semanas até que Ferns acorde e a verdadeira revolução começe.
Fiquem ligados em Extras - A Revolução.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Digimons BF5

avatar

Mensagens : 836
Data de inscrição : 15/04/2012
Idade : 18

MensagemAssunto: Re: Extras - A Revolução   25/8/2012, 20:46

Uhuuuu vamos a Revolução!!!!!!Amei o cap
Voltar ao Topo Ir em baixo
Lucas A.

avatar

Mensagens : 87
Data de inscrição : 28/05/2012
Idade : 23

MensagemAssunto: Re: Extras - A Revolução   25/8/2012, 23:12

Muito bom o epi.
Quanto a ficha, provavelmente só sai do forno amanhã.
Voltar ao Topo Ir em baixo
rodrigo217

avatar

Mensagens : 1333
Data de inscrição : 29/03/2012
Idade : 18

MensagemAssunto: Re: Extras - A Revolução   26/8/2012, 12:28

como sempre,de parabens ae grande ferns,mto bom o cap
Voltar ao Topo Ir em baixo
Hugo Stoppa

avatar

Mensagens : 490
Data de inscrição : 19/12/2011
Idade : 18
Localização : ribeirão preto - são paulo

MensagemAssunto: Re: Extras - A Revolução   26/8/2012, 15:30

Raça: Humano
Essencia: (humano vc disse q nem precisa de essencia)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ferns

avatar

Mensagens : 402
Data de inscrição : 25/10/2010
Idade : 21

MensagemAssunto: Re: Extras - A Revolução   27/8/2012, 18:40

Capítulo 6 - As Organizações mundiais.


Quando todos os Antis estavam de pé, eles perceberam que Will não estava lá. Mas isso não era surpresa, afinal ele havia anunciado sua ausência na noite anterior. Mesmo que todos se perguntassem onde ele estava, ninguém realmente perguntava em voz alta.
Na verdade, Will estava longe dali, estava nos Estados Unidos, na base do FBI.

_Eu vim pra falar com meus pais. - dizia Will aos recepcionistas.
_Will, seus pais disseram para não deixar você entrar aí dentro.
_Eu sei disso, mas dessa vez é diferente, eu tenho informações do caso dos Extras.

O recepcionista pega o telefone e faz uma ligação. Logo ele dá o sinal verde para Will subir, após uma minuciosa inspeção.
Ele entra em uma sala de reuniões, nela estavam várias pessoas sentadas ao redor de uma mesa, destacando-se um casal no lado oposto onde Will se sentara.


_Senhores, tenho informações cruciais a vocês. - começava Will
_Que tipo de informações, Will? - dizia uma voz na escuridão daquela sala.
_Calma apressadinho, eu direi. Com condições, claro.
_Que tipo de condições?
_Eu quero me tornar líder da investigação desse caso.

Naquele momento ouviam-se várias frases como 'Que ultraje', 'Mas ele é só um garoto', 'Nem pense nisso' e até algumas risadas sarcásticas.

_Silêncio!! - ordenada o homem na ponta da mesa que se dúvida era um dos líderes. - Will, você nos ajudou muito no caso dos Extras. Graças a você, nós derrubamos os Extras em quase cento e noventa países. Mas se tornar líder no caso é indiscutível. Além do mais, como vamos saber se já não temos a informação que quer nos dar?
_Eu realmente odeio todos vocês do FBI. Mas temos um alvo em comum, Ferns. Eu sempre dividi toda e qualquer informação que obtive com vocês mas vocês nunca me deram uma informação em troca. Além do mais, minha certeza é absoluta de que vocês não tem essa informação.
_E como sabe disso?... Você!! Você derrubou nossos dados!! Sabe o que você fez? Criou uma catástrofe em uma noite.
_Não, não fui eu quem derrubei seu banco de dados, mas tive quem o fizesse pra mim.
_E qual informação é essa então?!?!
_A localização dos Extras!!!!!
_O quê?!? Impossível!! Nós estamos tentando descobrir isso faz anos!! Como conseguiu tal informação?
_Ao contrário da maioria dos seus agentes que são uns inúteis, eu tenho um espião dentro dos Extras.
_Então o que estamos esperando?? - dizia uma voz na beirada da mesa - Vamos atacá-los agora!!
_Não!!! - interveio Will - Eu preciso de tempo. Para treinar meus soldados.
_Treinar seus soldados?!? Nossos agentes são mais que o suficiente.
_Você só pode estar brincando não é? Esqueceu quem são nossos inimigos? Eu preciso sim de seu exército, mas sem o meu vocês não são nada.
_Will tem razão... - dizia o chefe novamente - Extras são mais fortes do que qualquer exército. A única maneira de deter um Extra é com outro Extra. Quanto tempo quer?
_Eu preciso de duas semanas. É o suficiente. Ferns está incapacitado nessas duas semanas, então não correremos perigo, nenhum de nós. Eles não agem sem a aprovação de Ferns.
_Duas semanas? É muito tempo...
_Cavalheiros, estamos nessa batalha tem quase um século, o que são duas semanas comparadas a isso?
_Tudo em então. Você tem duas semanas. E quanto ao que nos propôs, faremos uma reunião e decidiremos. Te contactaremos quando necessário.
_Por mim tudo bem, mas não se esqueçam: Sem liderança, sem revolução.

Will se levanta e sai pela porta deixando os agentes discutindo.

_Esse garoto... primeiro ele se torna líder mundial dos Antis e agora o líder do maior caso da história do FBI. Esse garoto... não me surpreenderá se ele vencer essa guerra ese tornar o humano mais imponente do planeta.
_Espera, nós não concordamos em deixar ele nos liderar.
_E que outra alternativa temos? Ele já nos tinha em suas mãos quando entrou nesse prédio. Ele só queria nos humilhar...

Em algum lugar na base Extra.

_Alexander - começava Takatsuki - Ferns pediu para que eu o treinasse, que fizesse de você um assassino. Mas sinto que nem eu tenho tais habilidades. Te apresento, Lars, o nosso maior assassino!! O mais habilidoso de todos!! Ele te treinará.

Alexander vê um homem saindo das sombras da parede. Ele parecia estar entre os vinte e trinta anos. Alex não via como alguém tão jovem era um assassino tão bom.

_Alexander, certo? - começava Lars - Você é quem devo treinar? Um garoto tão jovem? Não vai ser problema, já que comecei a matar antes dos doze anos de idade.
*O quê? - pensava Alexander - Doze anos?!? O que é esse homem?!?!*
_KukukukuhahahahMUAHAHAHAHAHAHA, garoto, quando eu terminar com você, você vai desejar nunca ter nascido!! E saiba que se você falhar, EU TE MATAREI COM MINHAS PRÓPRIAS MÃOS!!!!

Alexander estava trêmulo. Como poderia existir ali um monstro daquele jeito?!? Matá-lo com suas próprias mãos!?! Só podia ser uma piada!!!

Duas semanas depois

Em algum lugar na base Antis

Will voltava de mais uma reunião do FBI. Parecia que eles tinham tomado uma decisão.

_Como foi? - perguntava Mizumaru
_Eles aceitaram, é claro. Eles não tinham escolha. Agora que todos vocês estão treinados, temos uma chance nessa guerra. Atacaremos amanhã; bem cedo...

Em algum lugar, na base Extra

Alexander estava ao redor da banheira cheia de liquido, onde Ferns estava. Podia-se ver um sorriso maléfico em seu rosto, sendo seguido por uma grande gargalhada diabólica. Ele olhava novamente para a banheira... ... ...ela estava vazia

FERNS ESTAVA DE VOLTA!!!!






Ferns finalmente acorda de seu tratamento!! Will planeja atacar a base Extra. A verdadeira revolução começa agora!!
Não percam os próximos capítulos de EXTRAS - A REVOLUÇÃO!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Lucas A.

avatar

Mensagens : 87
Data de inscrição : 28/05/2012
Idade : 23

MensagemAssunto: Re: Extras - A Revolução   27/8/2012, 19:25

Muito bom o cap.
Voltar ao Topo Ir em baixo
WilDigimon

avatar

Mensagens : 349
Data de inscrição : 31/03/2012
Idade : 20

MensagemAssunto: Re: Extras - A Revolução   30/8/2012, 15:35

Noosa Ferns me surpreendendo a cada epiusodio esta tudo bom a historia,a inovação e ainda decorrencias que ninguem iria deduzir você é bom no que faz continue assim e bom trabalho....Desculpa por nao ter comentado antes porque nao tenho entrando no forum utimamente
Assinatura -------------------------------------------------------------------------------

Dentro de todas as trevas há um brilho
Esse brilho, um dia, será o amanhecer

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ferns

avatar

Mensagens : 402
Data de inscrição : 25/10/2010
Idade : 21

MensagemAssunto: Re: Extras - A Revolução   30/8/2012, 21:08

Capítulo 7 - A batalha se inicia!


Em algum lugar na base Antis.

Estavam sentados ao redor de uma mesa, Will, Mizumaru, Hiro, Rodrigo e alguns agentes do FBI, inclusive o ex-líder deles.

_E então Will? - começava o ex-líder - Aceitamos sua proposta, o que vai fazer agora?
_Rodrigo, - dizia Will - mostre a eles.
_Certo - respondia Rodrigo.
_Espera, Will, quem é ele?!?
_Ele é Rodrigo, nosso cérebro. Nosso estrategista.
_Prestem atenção - começava Rodrigo.

Ele abre um plano em cima da mesa e começa a explicar sua estratégia. Dentre os objetos, havia um plano tridimensional holográfico da base dos Extras. Rodrigo explicava tudo calmamente e respondia imediatamente a qualquer pergunta.

_É simplesmente incrível!! - dizia um agente do FBI - Nem mesmo nosso melhor estrategista criaria algo assim!!
_Bem... obrigado. - respondia Rodrigo - É um grande passo para nossa organização, então temos que dar nosso máximo.
_Ótimo, bom plano Rodrigo - dizia Will - atacaremos amanhã de manhã; bem cedo. Essa reunião está encerrada.

Will se levanta e se dirige a saída mas quando atravessa a porta, uma agente chama sua atenção.

_Oi. A quanto tempo - começava Will
_É, muito tempo. Com você está; meu filho?
_Estou bem mãe. E o papai?
_Ele não veio.
_Entendo... ele não quer ver seu filho envolvido em algo tão grande. Tenho que ir, nos vemos amanhã.

Will se vira e continua andando quando a mulher a chama.

_Filho, quero que saiba que eu e o seu pai apoiamos tudo que você faz. Que tudo é para o bem.

Will fica por alguns segundos em silêncio e sem se virar, responde.

_Eu sei mãe... eu sei.
_Filho... como você obteve todas aquelas informações sobre a base dos Extras? Nós, agentes capacitados, nunca conseguimos descobrir nada sobre a localização deles...
_É simples mãe... por causa do meu espião!


Em algum lugar na base Extra.

Alexander ficava olhando aquela banheira vazia, rindo maléfica e desesperadamente.

_Finalmente... as coisas começam a dar certo. Aguardem... a verdadeira verdade está por vir...

Alexander sai da sala e se dirige ao auditório quando avista Takatsuki. Ele dá um sinal para Alexander se unir a ele e os dois entram em uma sala. Agora lá estavam Lars, Taka, Alex e o próprio Ferns. Ele parecia diferente... mais poderoso e superior aos ali presentes.

_É bom te ver de novo Ferns - começava Takatsuki.
_É... estava me perguntando quando iria finalmente acordar. - dizia Lars
_A reconstituição de um braço é algo demorado. Na verdade tive uma recuperação relâmpago graças a nossa cura.

Ferns então dirige seus olhos a Alexander.

_Alexander Hell, certo? É bom te ter aqui, você será mais útil do que imagina... mas vamos direto ao ponto. O que eu perdi?
_Absolutamente nada - respondia Takatsuki. Essas foram as duas semanas mais calmas que eu já vi. Só teve um pequeno incidente com o Alex, mas nada de mais.
_Incidente?
_Sim.

Alexander conta a Ferns o que aconteceu na casa de Marry, que escuta atenciosamente, mas ele não diz sobre o roubo do plano do desmemoriador, pois poderia se meter em encrencas.

_Entendo... realmente não é nada muito significativo. - dizia Ferns - Então os Antis não fizeram nada? Nem um ataque? Como eu estava incapacitado, essa era a chance perfeita para um ataque.

Ferns então arregala os olhos e se levanta e logo após soca a mesa.

_DROGA!!! DROGA!!! AMANHÃ!!! ELES VIRÃO AMANHA!!!
_O que?!? Como pode dizer isso?! - perguntava Lars surpreso.
_Faz todo o sentido. Ele calculou exatamente o dia de meu retorno!! Ele quer que eu veja meu reino cair e como acabei de voltar, ainda não estou 100% com minha força. Merda!!! Merda!!! Não estamos preparados pra um Ataque.

Todos se calam e ficam naquele clima pesado por minutos e então Ferns começa a rir em uma risada mais que diabólica.

_O que eu estou dizendo? É claro que estamos preparados. Takatsuki, ative o plano de emergência! Se os Antis entrarem nesse prédio, eles estarão prontos para sua derrota.

No outro dia.

Ferns e os outros Extras já estavam de pé quando um helicóptero começa a rodear o prédio. O helicóptero começa a disparar com suas metralhadoras destruindo quase todas as vidraças laterais do prédio. Pendurados em cordas, centenas de agentes do FBI saltam por cima, também quebrando as vidraças. Começava ali a revolução, começava ali, a batalha final!!!!


Os Antis finalmente agiram!! A batalha começa e Os Extras parecem estar por baixo. Não perca a reta final de Extras - A Revolução (Aqui, no Discovery - malz não resisti kkkkkkk)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Digimons BF5

avatar

Mensagens : 836
Data de inscrição : 15/04/2012
Idade : 18

MensagemAssunto: Re: Extras - A Revolução   30/8/2012, 22:21

Kkkkkkkk Ferns, fic perfeite e cap surpreendente... Eu vou aparecer na luta ou vou continuar na base?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Hugo Stoppa

avatar

Mensagens : 490
Data de inscrição : 19/12/2011
Idade : 18
Localização : ribeirão preto - são paulo

MensagemAssunto: Re: Extras - A Revolução   30/8/2012, 22:52

Muito bons os eps ferns, gostei bounce
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ferns

avatar

Mensagens : 402
Data de inscrição : 25/10/2010
Idade : 21

MensagemAssunto: Re: Extras - A Revolução   31/8/2012, 11:48

Digimons BF5 escreveu:
Kkkkkkkk Ferns, fic perfeite e cap surpreendente... Eu vou aparecer na luta ou vou continuar na base?

Agora todo mundo vai pro campo de batalha mostrar do que é capaz
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ferns

avatar

Mensagens : 402
Data de inscrição : 25/10/2010
Idade : 21

MensagemAssunto: Re: Extras - A Revolução   1/9/2012, 19:10

Capítulo 8 - Noriaki vs Rodrigo

Centenas de agentes entravam pelas vidraças quebradas do prédio dos Extras, que por acaso ficava no centro de Londres. Por um rádio, Ferns falava com todos os Extras do prédio ao mesmo tempo.

_Se poupem. Esses são somente agentes humanos, vieram para nos enfraquecer, os Antis ainda estão por vir.

Todos arregaçavam suas mangas e desciam pra pancadaria. Seguindo o conselho de Ferns, eles estavam apanhando, pois aqueles caras eram fortes.

_Ferns - dizia Takatsuki pelo canal particular - eles estão muito fortes. Vamos ter que pegar peesado ou vamos perder!
_Forte?!? Droga!!

Foi só aí que Ferns viu, de sua sala particular, que ainda tinha vidraças inteiras, um agente usando o poder de uma essência contra Noriaki, que logo caiu.

_Droga!!! Atenção todos - dizia Ferns pelo rádio global - Fomos enganados, os agentes são os Antis!! Não os subestimem, ataquem com toda a sua força!!!

*Muito esperto - pensava Ferns - Mas consegui descobrir antes que algo pior pudesse acontecer. Seu plano falhou Will*

Noriaki se levantava do chão limpando o sangue da boca rindo.

_Nossa, como você é fraco. Se esse é o poder de sua essência, essa será uma batalha fácil!!

Com uma grande velocidade, Noriaki praticamente desaparece e reaparece atrás de Rodrigo lhe deferindo um grande chute. Bem a tempo, Rodrigo consegue se virar, bloqueando o chute com um braço. Ele mexe o braço um pouco e arremessa Noriaki a metros de distância.

_Olha só. - começava Noriaki - Os Antis não são tão ruins assim.
_Eu tive um bom treinamento.

Em uma velocidade maior que a de Noriaki, Rodrigo corre em direção a Noriaki desferindo-lhe um soco. Noriaki não consegue desviar e tem a cabeça arremessada ao chão. Quando Rodrigo está prestes a lhe dar o soco definitivo, Noriaki desaparece do chão.

_Hahahaha - Rodrigo podia ouvi-lo mas não vê-lo - Sabe qual foi seu maior erro, Antis? Usar sua essência bem no inicio da batalha!! Você sabe muito bem, que extras precisam de um grande repouso para usarem o poder de sua essência novamente. Agora, eu irei vencer e você vai perder!!!

Rodrigo olha para cima e vê Noriaki pronto para lhe desferir um grande soco, mas isso não era tudo. Noriaki libertava o poder da sua essência.

_VOCÊ PERDEU, ANTIS. NESSA DISTÂNCIA O ATAQUE SERÁ FATAL!!!

Rodrigo então começa a rir calmamente.

_Sabe de uma coisa? Quer saber qual foi o ponto alto do nosso treinamento? CONTROLAR NOSSA ESSÊNCIA!!!

A essência de Rodrigo então é liberada e o soco se choca com o de Noriaki causando uma explosão de luz e energia. Quando a claridade voltou ao normal, Noriaki estava no chão e Rodrigo estava em pé ao seu lado.

_O quê? - começava Noriaki - eu não consigo me mexer... como?!? Como você usou sua essência duas vezes seguidas?!?
_Eu te disse... esse foi o ponto alto de nosso treinamento. Agora, controlando nossa essência, nós podemos liberá-la em doses pequenas. Assim, podemos usá-la quantas vezes for necessário?
_Ferns tinha razão... não devia tê-lo subestimado...
_Esse foi seu maior erro. E por isso você irá morrer aqui.

Rodrigo libera sua essência novamente e a direciona para seu punho. Ele então dá um soco muito forte na cabeça de Noriaki, matando-o. Quando ele terminou, seu rosto estava irreconhecível.
Do alto de sua sala, Ferns pode ver toda a batalha (Noriaki e Rodrigo lutaram em um lugar em que as paredes, chão e teto são feitos completamente de vidro, era um lugar mais decorativo do que estratégico).


_Droga... devo sair daqui e ajudar meus soldados? Não... devo me guardar. Os peixes grandes ainda não apareceram e tenho estar com toda a minha força quando aparecerem. Teremos muitos feridos, é melhor proteger o líquido.

Ferns então fala pelo rádio de ouvido com Takatsuki.

_Taka, vá para a sala medicinal. Eles tentarão atacá-la para impedir que nos recuperemos.

Takatsuki estava no meio de uma batalha.

_Ferns, estou meio ocupado aqui... tem três em cima de mim, mandarei Lars, tudo bem?
_Não tem prolema, só precisamos proteger o liquido.

Takatsuki contacta Lars que imediatamente se dirige a ala medicinal. Quando chega lá, já é tarde demais. Ryuzakki já havia destruído todo o líquido. Os Extras estavam sem uma cura. Agora é tudo ou nada.




A verdadeira batalha está começando... Mas onde estão Will, Mizumaru e Hiro?!? Lars encontra Ryuzakki destruindo a única fonte de cura dos Extras. O melhor assassino contra o melhor lutador, quem sairá vitorioso? Não perca o próximo capítulo de Extras a Revolução: Lars vs Ryuzakki.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Noriaki

avatar

Mensagens : 2491
Data de inscrição : 11/05/2011
Localização : Digital Wolrd

MensagemAssunto: Re: Extras - A Revolução   1/9/2012, 19:20

Nunca mais vejo essa fic espera que fic é essa?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ferns

avatar

Mensagens : 402
Data de inscrição : 25/10/2010
Idade : 21

MensagemAssunto: Re: Extras - A Revolução   1/9/2012, 19:38

ksoaksoaksoakso
Emburra não... morrer é normal
kkkkkkkkk
Voltar ao Topo Ir em baixo
rodrigo217

avatar

Mensagens : 1333
Data de inscrição : 29/03/2012
Idade : 18

MensagemAssunto: Re: Extras - A Revolução   2/9/2012, 19:03

Morrer...tenho minhas duvidas Suspect maaaais,ta de parabens,to passando rapido nod topicos pq ainda to sem net (pq logo eu?????),bem,de td forma,mto bom,gostei para valer (se nao conseguir comentar e por isso ta?)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Digimons BF5

avatar

Mensagens : 836
Data de inscrição : 15/04/2012
Idade : 18

MensagemAssunto: Re: Extras - A Revolução   2/9/2012, 19:41

Me gusta lutas entra Antis e Extras
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ferns

avatar

Mensagens : 402
Data de inscrição : 25/10/2010
Idade : 21

MensagemAssunto: Re: Extras - A Revolução   2/9/2012, 21:44

Awee
ganhei o selo de qualidade
ksoakoskaoso
Voltar ao Topo Ir em baixo
romulop2b

avatar

Mensagens : 2090
Data de inscrição : 12/05/2011
Idade : 18
Localização : rio de janeiro

MensagemAssunto: Re: Extras - A Revolução   3/9/2012, 00:29

dois selinhos pra vc man kkkkkkk muito boa a fic
Voltar ao Topo Ir em baixo
Hugo Stoppa

avatar

Mensagens : 490
Data de inscrição : 19/12/2011
Idade : 18
Localização : ribeirão preto - são paulo

MensagemAssunto: Re: Extras - A Revolução   3/9/2012, 09:25

kkkkkkkkkkkkkk
Toma mais um ai
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fennekin

avatar

Mensagens : 435
Data de inscrição : 07/08/2012
Idade : 16
Localização : não digo

MensagemAssunto: Re: Extras - A Revolução   3/9/2012, 19:19

toma mais tres ai essa fic é d+ e boa e muito legal eu amei.



Voltar ao Topo Ir em baixo
Ferns

avatar

Mensagens : 402
Data de inscrição : 25/10/2010
Idade : 21

MensagemAssunto: Re: Extras - A Revolução   4/9/2012, 22:05

Capítulo 9 - Lars vs Ryuzakki



Lars observava o líquido derramado por todo aquele salão. Era um salão com pelo menos cinquenta metros quadrados, embora fosse redonda. Era completamente vedada, de forma que o líquido não saísse dali, mesmo derramado. Em todos esses 50m² o líquido ainda ocupava algo em torno de cinco centímetros de altura.

_Antis!!! Sabe o que acaba de fazer?
_Se inclui impedir que vocês se curem, sei exatamente o que fiz.
_Insolente!!!

Lars vai em direção a Ryuzakki com os pulsos armados. Quando estava prestes a diferir seu soco mortal, Ryuzakki praticamente desaparece e reaparece atrás de Lars atingindo-o com dois dedos no pescoço. Esse ataque, fez Lars cair.

_O que^?!? - indagava Lars - Como você?...
_Eu sou o maior lutador dentre os Antis. Todo o poder de luta que você está viu além dessa sala, fui eu quem os ensinei.
_Então é graças a você que eles estão fortes... foi bom eu ter pego logo você como um oponente. Assim eu irei derrotar você. Não se sabe...

Lars em um salto pula no chão e fica em pé novamente, ele então manuseia um pequeno cubo de no máximo um centímetro de diâmetro. Quando ele cerra seu punho, vários 'pixels' envolvem sua mãos, fazendo com que uma escopeta aparecesse em sua mão.

_Não sei se sabe, Antis.... mas eu sou o melhor assassino dentre os Extras. Não gosto de usar as armas estranhas deles, mas devo admitir que o modo com que guardam as coisas é interessante. Assim não tenho que ficar carregando grandes armas por aí.

Lars dispara contra Ryuzakki que desvia do tiro.

_Hm... - começava Ryuzakki - É uma pena. Tenho certeza que as armas dos Extras seriam mais rápidas.

Ryuzakki corre em alta velocidade rumo a Lars, desviando de todos os seus tiros. Vendo que isso era inútil, Lars joga fora sua arma, desferindo um soco no rosto de Ryuzakki no momento perfeito, fazendo voar contra a parede mais próxima, quebrando-lhe algumas costelas.

_Hehehe... - dizia Ryuzakki limpando o sangue que escorria de sua boca - Você é forte. Realmente muito forte.Mas seus reflexos são lentos, sua agilidade é lenta. Comparado a um humano, você é um Deus. Mas comparado a um outro Extra, você não passa de um merdinha.
_Ora seu...
_Ora seu o que? O que vai fazer? Tentar me acertar? Morra tentando.

Lars pega outro pequeno cubo e faz o mesmo que fez com o anterior, mas dessa vez uma grande metralhadora aparece em sua mão. Ele então começa a atirar em Ryuzakki que se desvia das balas, correndo pelas paredes.

*Droga - pensava Ryuzakki - antes das minuções terminarem, outro cubo aparece e fornece muito mais munições. Eu conseguirei manter esse ritmo por algum tempo, mas não para sempre. Preciso de apoio.

Ryuzakki pressiona um botão em seu ouvido e fala alguma coisa pelo rádio, Lars não conseguiu ouvir, pois o barulho da arma era muito grande. Ele então sente uma pressão abaixo de seus pés. O chão se quebra com os socos de dois homens, provavelmente Antis. Eram os gêmeos Theo e Romulo.
Com a distração, a metralhadora cai a metros de distância que é destruída por um soco de Ryuzakki, quando ele cai no chão.

Ryuzakki então é chamado pelo rádio. Era o rádio que ele havia deixado com Marry, na base, caso ela estivesse em perigo, afinal, havia ficado sozinha lá. A pessoa do outro lado, não usou rodeios. Disse o que tinha pra dizer e Ryu a ouviu em alto e bom tom:


"Marry está morta".

Ryu cai de joelhos. Como poderia ele deixar aquilo acontecer com sua amada. Mas podia ser uma armadilha... Ryuzakki se levanta.

_Theo, Romulo!! Deixo esse cara com vocês. Tenho assuntos a tratar.

Ryu salta pela vidraça quebrada e cai do lado de fora do prédio,sai correndo em alta velocidade rumo a um helicóptero, em um heliporto a alguns quilômetros dali. De lá, ele pilotaria até a base Antis.

Lars, nada fez para impedir, pois estava no chão. Pelo jeito, suas pernas estavam quebradas e dali ele não sairia.

_Vocês!! - gritava Lars - INSOLENTES!! VOCÊS QUEBRARAM MINHAS PERNAS!!!

Lars então olha para o chão e se lembra que ele estava repleto do liquido curativo dos Extras. Ele então se vira e começa a beber do liquido (vira e cai de boca heheheh - malícia).
Rapidamente se levanta com as pernas curadas.


_Hahahah - ria Lars - Ferns tinha razão. Quando o ferimento é pequeno, a cura é instantânea. Não to nem afim de perder tempo com vocês. Vocês são dois peixes pequenos. Quando cheguei aqui, meu objetivo já estava falho, então não levarei nenhuma bronca.

Lars salta pra trás e para na janela em que Ryuzakki tinha pulado. Ele então pega outro cubo e ele se torna um pequeno dispositivo com um botão.

_ADEUS, ANTIS!!

Lars pressiona o botão e centenas de metralhadoras saem das paredes da sala. Não havia ponto cego. Lars pula e as metralhadoras são disparadas. E assim os Antis tinham dois membros a menos.

Os Extras ouviam Ferns falar com eles pelo rádio gloval, no ouvido.

_Todos que estão em lutas de fora do prédio, atraiam os Antis para dentro, precisamos que todos eles cruzem os limites dessa estrutura. Isso é necessário para nossa vitória. Quero todos aqui!!!

*Will... no momento em que você e sua tropa pisaram nesse prédio... VOCÊS COMPRARAM SUA DERROTA!!!!*


Mais dois Antis morrem. Marry também está morta e Ryuzakki vai ajudá-la. Ferns ainda tem um golpe na manga e enquanto tudo isso acontece, Will, Mizumaru e Hiro estão desaparecidos. Não perca os próximo capítulo de Extras - A Revolução!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Digimons BF5

avatar

Mensagens : 836
Data de inscrição : 15/04/2012
Idade : 18

MensagemAssunto: Re: Extras - A Revolução   4/9/2012, 22:28

Eu morri.......Emocionante! Minha alma vai aguardar o fim da guerra,junto com Romulo-kun
Voltar ao Topo Ir em baixo
romulop2b

avatar

Mensagens : 2090
Data de inscrição : 12/05/2011
Idade : 18
Localização : rio de janeiro

MensagemAssunto: Re: Extras - A Revolução   4/9/2012, 23:04

legal apareci duas vezes na fic e na segunda eu morri kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Extras - A Revolução   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Extras - A Revolução
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 4 de 5Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte
 Tópicos similares
-
» [Brasil] TRIP terá voos extras no período de férias.
» Selos e Revolução de 1932
» ‘Assassin’s Creed 3’ poderá se passar durante a Revolução Americana
» [FAQ] Extras
» Clube: Tekken Revolution

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Fanfics-
Ir para: