InícioConectar-seRegistrar-se

Compartilhe | 
 

 Pokémon - Diários de um treinador

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Mizumaru

avatar

Mensagens : 735
Data de inscrição : 11/12/2011
Idade : 20
Localização : Digital world

MensagemAssunto: Pokémon - Diários de um treinador   23/10/2013, 05:08

o conceito dessa fic é básico, pra quem já jogou pokémon fire red/leaf green, vai provavelmente lembrar do pequeno diário que aparecia quando você carregava um save, vai ser quase a mesma coisa, mas vou jogar o pokémon emerald. também informo que usarei gameshark para conseguir os três iniciais... detalhes serão acrescentados em breve
Voltar ao Topo Ir em baixo
Noriaki

avatar

Mensagens : 2491
Data de inscrição : 11/05/2011
Localização : Digital Wolrd

MensagemAssunto: Re: Pokémon - Diários de um treinador   23/10/2013, 15:10

não seria mais facil gravar uma gameplay com vc falando ao meio do jogo ^^'?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mizumaru

avatar

Mensagens : 735
Data de inscrição : 11/12/2011
Idade : 20
Localização : Digital world

MensagemAssunto: Re: Pokémon - Diários de um treinador   23/10/2013, 18:10

Noriaki escreveu:
não seria mais facil gravar uma gameplay com vc falando ao meio do jogo ^^'?
Não, porque não será bem uma gameplay, será algo mais como uma narração do próprio emerald... acho q ficará melhor explicado no primeiro capítulo =P
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mizumaru

avatar

Mensagens : 735
Data de inscrição : 11/12/2011
Idade : 20
Localização : Digital world

MensagemAssunto: Re: Pokémon - Diários de um treinador   24/10/2013, 10:07

Dia 1 - O despertar de uma nova jornada!

Olá, meu nome é Emerald, sou um dos personagens selecionáveis do jogo pokémon emerald! =P Acho que isso foi meio óbvio.
Bem, vamos começar a minha história?

Olá professor Birch...

Se sou homem ou mulher? Que tipo de pergunta é essa?

Como me chamo? Espera um momento, o player vai escolher meu apelido...

(Eu): Vai se chamar Mizu! =3

Emerald - Nossa cara, que original!

(Eu): Calado, vamos começar logo o jogo!

Emerald - Ok, mas não precisa se estressar...

Voltando para minha história... Acabei de acordar, pareço estar dentro de uma sala apertada cheia de objetos que julgo conhecidos.
A sala parece se mover... ou sou só eu tonto mesmo? Não tenho minhas memórias de onde estive antes disso aqui.
Parou! a sala parou de se mover, uma porta acaba de se abrir... Vou sair, caso aconteça algo comigo, por favor, chamem a polícia...

Acabo de descer... dei de cara com uma vila pequena, estou ao lado de uma casa... Espera ai? Aquela é minha mãe saindo da casa?

Mamãe - Oi mizu, você está bem? Deve estar cansado de ficar dentro desse caminhão até aqui...

Emerald - Que tipo de família faz a mudança com o filho dentro de um caminhão?

Mamãe - Essa é a cidade de Littleroot, onde fica nossa nova casa, parece uma vila tranquila onde poderemos ter uma vida calma e fácil.
Essa é a nossa casa, vamos entrar?

Emerald - ok, ma...

Mamãe - Nada de mais, vai logo entrando pra ver seu quarto novo!

Thud (Som de Emerald sendo empurrado pra dentro de casa)

Emerald - Wow... (pensamento) É um lugar bem bonito, e bem espaçoso, estou vendo dois pokémons altos e de aparência viril carregando nossas caixas.

Mamãe - Esse pokémon estão ajudando bastante na mudança. Agora vá por ali, suba no seu quarto e ajuste o seu relógio.

Emerald - subo as escadas e viro a minha direita, vejo um relógio e vou ajustar o horário dele... São 8:00 PM, ok, horas ajustadas, agora é hora de...

Minha mãe sobe as escadas loucamente e dá de cara comigo colocando o relógio de volta na parede.

Mamãe - Muito bem Mizu (Ela parece estar me chamando pelo nome dado pelo player)! Há uns livros perto do seu computador, se estiver com vontade de aprender mais vá lá e os leia, estarei esperando lá embaixo!

Emerald - Estou com preguiça de ler, então assim que minha mãe desce e vou logo atrás...

Na sala:

Mamãe - Mizu! Mizu! Venha aqui rápido, o seu pai está na televisão!

Emerald - Corro até a televisão mas dou de cara com o fim da reportagem.

Reporter: E essa foi a entrevista com o líder Norman do ginásio de Petalburg! Fiquem ligados no nosso próximo programa!

Emerald - Após o final da entrevista a televisão desligou sozinha, isso me deu certo arrepio, mas acho melhor ignorar.

Mamãe - Que pena. Você chegou atrasado... Mas não se preocupe, descobri que somos vizinhos do famoso professor Birch, o maior pesquisador pokémon de Hoenn. Se estiver afim, vá lá fazer uma visita, descobri que eles tem uma filha da sua idade!

Emerald - (cochicho) Nossa, temos vizinhos muito fofoqueiros, ou minha mãe tem os melhores informantes do mundo.

Emerald - Saio de casa e vou em direção a casa do vizinho, afinal, conhecer gente nova não pode ser tão ruim assim... ou pode?
Assim q chego em frente a casa dos vizinhos sequer me importo em bater, apenas invado a casa e acabo sendo recebido pela mulher do professor...

Mãe da ??? - Olá, quem é você?

Emerald - Meu nome é Emerald mas pode me chamar de...

Mãe da ??? - Ah, você é o Mizu, nosso novo vinho do lado. Prazer! Temos uma filha da sua idade, ela está muito animada em fazer novos amigos! Ela está no quarto dela lá no sótão.

Emerald - Me assustei com o fato de ela saber meu nome antes de eu falar... mas vai que ela é vidente né? Decidi subir as escadas, a filha deles parece legal!
Entro no quarto mas me deparo com um cômodo vazio... Estranho, a Senhora Birch disse que ela estaria aqui. Dou de ombros e decido descer as escadas, não há motivo para continuar aqui.
Quando estou atravessando a sala dou de cara com uma garota que parece que acabou de chegar.

??? - Quem é você?

Emerald - Me cham...

May - Ah, você é o Mizu, nosso novo vizinho do lado, prazer, me chamo May. Eu tenho um sonho de ser amiga de todos os pokémon do mundo. Eu ouvi falar de você Mizu, pelo meu pai, Professor Birch. Estou com esperanças de que você seja legal Mizu, e que possamos ser amigos! Nossa, isso parece estranho, afinal, acabei de te conhecer. hehe... Oh não. Eu esqueci, eu tinha me comprometido a ajudar meu pai a pegar alguns pokémons selvagens... Mizu, eu te pego depois!

Emerald - (pensamento) M-Me pega?
Ela passa correndo por mim e se tranca em seu quarto... estou com vergonha demais para ir atrás dela... acho melhor ir dar uma volta para conhecer a cidade.
Saio da casa e vou ao sul. Encontro o laboratório do Professor Birch mas um dos assistentes me diz que ele está em uma trabaho de campo no momento... Ok, posso voltar depois.
Decido então seguir ao norte, e dou de cara com uma criança encarando a rota a nossa frente, tento passar por ela, mas ela e impede.

Criancinha na rua - Hum... Oi, há muitos perigos fora dessa vila, há muitos pokémons selvagens lá fora, mas eu posso ouvir gritos ali a frente, será que você pode ir checar por mim?

Emerald - Não tenho nada a fazer mesmo, decido então seguir pelo em frente. Dou apenas alguns passos a frente e então ouço um grito.

??? - So-Socorro!

Emerald - Acelero meus passos, afinal, fiquei preocupado. Após alguns metros avisto um homem vestido de branco sendo perseguido por um pokémon. Parece ser um Zigzagoon. melhor ajuda-lo.

??? - Oi, você ai, me ajude, na minha mochila. Há pokébolas!

Emerald - Avisto um mochila no chão, parece uma mochila comum. Ao abri-la me deparo com três pokébolas... E agora? qual escolherei?
Escolho a pokébola do canto direito e então as outras acabam escorregando e rolando para o lado, não tenho tempo de recuperá-las, farei isso depois, sou surpreendido por um ataque do zigzagoon. Vai ...!
Arremessei a pokébola com força e ela atingiu o zigzagoon na testa, de dentro saiu um pokémon azul com umas barbatanas ou coisa assim de cor alaranjada grudadas em sua face. Parece ser um pokémon muito raro.
A batalha começa.

Emerald - Ok, pokémon que ainda não sei o nome, ataque com sua investida.
O pokémon azul acertou em cheio, mas o zigzagoon ainda não desistiu e liberou um grunhido irritante, parece que ele acuou o azuzinho, creio que ele não atacará com tanta confiança quanto antes. Vou usar investida mais uma vez, parece que só preciso insistir um pouco mais antes do zigzagoon desmaiar.
Acertei! Mas ele ainda não se rendeu, parece meio ferido mas ainda tem poder para guinchar novamente, o azuzinho se assustou e novamente perdeu parte de sua confiança... Melhor terminar isso logo ou daqui a pouco o azuzinho sequer atacará.
Uso novamente investida... O golpe acertou em cheio e nocauteou o zigzagoon, meu pokémon brilhou em um azul clarinho por um segundo a depois apagou, tenho a impressão de que o poder de luta dele aumentou um pouco.

Prof Birch - Obrigado por me salvar, há muitos pokémons perigosos na grama alta. Eu estava estudando e ele simplesmente pulou em mim... Mas você me salvou, muito obrigado mesmo. Oh??? Ah, você é o Mizu! Prazer, sou o Professor Birch. Esse lugar é meio perigoso, etão o que acha de me acompanhar até o meu laboratório por um momento?

Mais tarde, no laboratório:

Prof. Birch - Então Mizu, ouvi muito sobre você através do seu pai. Também ouvi que você ainda não tem um pokémon. Mas considerando a maneira a qual você batalhou mais cedo, você realmente tem o sangue do seu pai nas veias. Então está decidido, como agradecimento por ter me salvado eu irei te deixar ficar com o pokémon que usou mais cedo... você quer dar a ele algum apelido?

Emerald - Não senhor. Muito obrigado, mas o senhor poderia dizer o nome dele?

Prof. Birch - Ele se chama Mudkip, parece que está feliz em ter lutado ao seu lado!

Fim capítulo 1, Arco 1
Voltar ao Topo Ir em baixo
Noriaki

avatar

Mensagens : 2491
Data de inscrição : 11/05/2011
Localização : Digital Wolrd

MensagemAssunto: Re: Pokémon - Diários de um treinador   24/10/2013, 19:05

Euri xD continua 


foda vc começar esse jogo ai com o nome de ''Gostoso'' se ri pra krl
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mizumaru

avatar

Mensagens : 735
Data de inscrição : 11/12/2011
Idade : 20
Localização : Digital world

MensagemAssunto: Re: Pokémon - Diários de um treinador   25/10/2013, 18:12

gostaria de informar pra quem lê ou vai ler um dia que eu to escrevendo enquanto jogo, o que não permite um avanço muito grande a cada capítulo =P
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mizumaru

avatar

Mensagens : 735
Data de inscrição : 11/12/2011
Idade : 20
Localização : Digital world

MensagemAssunto: Re: Pokémon - Diários de um treinador   27/10/2013, 13:23

Atenção: Modificações e alterações foram feitos para garantir uma melhor leitura, espero que não se importem. Curtam o capítulo! ^^
OBS: As batalhas e capturas serão decididas em tempo real, ao mesmo tempo que jogo vou colocando os moves dos pokémon na fic! ^^

Dia 2 - Torchic e Treecko! Os pokémons perdidos!

Emerald - Após aquela conversa o Professor Birch me disse que a May estaria provavelmente ao norte de Oldale, uma vila vizinha a nossa. Vim a minha csa para dormir e hoje, o dia seguinte, estou pronto para ir atrás da May, ela pode ter dicas sobre como treinar um pokémon que eu preciso aprender.
Após sair de casa fui ao norte de Litleroot e cheguei a rota 101. Não era lá essas coisas, uma rota curta e curva que me guiava até a Vila de Oldale. Atravessando a rota me deparei com um pequeno Wurmple. Foi uma batalha simples e rápida, após a vitória, o Mudkip brilhou novamente em um azul claro, o que me mostrou que ele estava se tornando cada vez mais forte.
Cheguei a vila de Oldale e encontrei o primeiro centro pokémon fundado em Hoenn. Curei meu Mudkip que parecia estar cansado e após isso sai de lá, na saída me deparei com um senhor de óculos que me apresentou o Pokémart, um lugar onde eu poderia comprar itens para meus pokémons e também "em breve" pokébolas. Ele foi tão gentil que após a informação me presenteou com uma poção. Disse que servia para curar o meu pokémon.
Me despadi e tentei sair pelo oeste da cidade, mas um maníaco por pokémons não me deixava cruzar a passagem por causa de umas pegadas desconhecidas... então fui pela saída norte. Afinal, me lembrei que encontraria May por lá.
Acabei chegando a rota 103, passava perto dela um pequeno riozinho que parecia ser feito de água salgada. Ignorei-o e segui em frente. No meio de caminho me deparei com um zigzagoon. Ele parecia ser fraco, provavelmente tinha o nível de força 3/100. Com certeza era mais forte do que o que atacou o professor, mas nada impossível para o Mudkip.
A batalha foi um pouco longae duradoura, durante a luta o zigzagoon derrubou uma fruta do seu próprio pelo e a comeu, pareceu recuperar energia e em um instante estava totalmente saudável novamente. insisti nos ataques até que em certo momento acertei o golpe final.
Após a vitória Mudkip brilhou em azul claro novamente, mas dessa vez mais forte. é impressão minha ou ele aumentou de tamanho? Devo apenas estar louco, mas tudo indica que ele subiu ao nível 6/100. ele agora parece realmente mais forte e mais veloz.
Continuei subindo a rota e deparei com um Wingull, já havia visto alguns desses quando era criança... só não me lembro onde. Ataquei-o com investida mas ele revidou com arma de água. Não causou dano no Mudkip, e acho que ele percebeu isso, ataquei novamente e o derrotei, novamente veio o brilho no Mudkip. Após a derrota do Wingull subi um pouco mais a rota até me deparar com a May.
Ela estava observando alguns pokémons selvagens quando me aproximei e ela me percebeu.

May - Ok! Então na rota 103 podemos encontrar esse tipo de pokémon... Oh! Mizu, é você! Fiquei sabendo que papai te arrumou um pokémon. Já que está aqui que tal termos uma pequena batalha? Vou te mostar o gosto de ser um treinador pokémon.

Emerald - Joguei o Mudikp e ela arremessou uma pokébola aleatória, as duas se chocaram e então os pokémons saíram. O pokémon que saiu da pokébola dela era uma espécie de lagartixazinha-humanóide de cor esverdearda que carregava um pegueno galhinho de capim na boca.

May - Esse é o Treecko, papai encontrou ele antes de encontrar aqueles três na bolsa que você viu. Então ele me deu a responsabilidade de estudá-lo. Mas isso não importa. Vamos começar a batalha. Vai Treecko, use o pancada.

Emerald - O Treecko avançou rapidamente e acertou sua cauda com força na cabeça do mudkip, isso não surtiu muito efeito, então resolvi contra atacar. Mudkip, use o investida!
Antes que o Treecko voltasse a posição original Mudkip o acertou com uma cabeçada.  Ele se feriu um pouco, mas com certeza não era o suficiente para o derrotar. Logo ele se recompôs e saltou sobre o Mudkip.

May - Isso aí Treecko, use o pancada mais uma vez.

Emerald - O golpe acertou em cheio a cebeça do Mudkip mas novamente não causou muito dano, mesmo assim, melhor terminar essa batalha logo ou eu posso acabar perdendo. Mudkip, use novamente o investida!
O Mudkip avançou com força e derrubou o Treecko logo após sua aterrissagem. O golpe o deixou mancando.

May - Não! Treecko, use novamente o pancada.

Emerald - Mudkip, Use o Tapa de lama. Mudkip acertou a cauda no chão com força e arremessou lama nos olhos do Treecko, mas isso não evitou que Treecko o acertasse nas costelas e o arremessasse até a árvore mais próxima, causando certo dano não ignorável no Mudkip.

May - Treecko, vamos terminar isso, use o pancada!

Emerald - Mudkip use o investida! A lama nos olhos de Treecko o fizeram piscar por um momento, o que deu a Mudkip a chance de esquivar, e no exato momento em que o Treecko passava ao seu lado Mudkip saltou e acertou uma cabeçada em suas costelas, o golpe desmaiou o Treecko e Mudkip foi dado como vencedor da batalha.
Após sua vitória, Mudikip brilhou novamente em um azulclaro muito forte, e dessa vez eu sabia que não tinha visto coisas, ele havia crescido pelo menos uns 3 centímetros. dava claramente pra ver que o nível de batalaha dele aumentou pra 7/100.

May - Agora eu sei porque meu pai se interessou em você, você acabou de conseguir esse pokémon, mas ele já gosta muito de você. De qualquer maneira, agora é hora de voltar ao laboratório.

Emerald - May saiu em disparada em direção a Oldale, quando a alcancei ela já estava na saída sul da cidade.

May - Hey Mizu! Por aqui, vamos nos apressar até em casa.

Emerald - Ela noamente disparou e eu a segui conlina abaixo, quando fui encontra-la novamente ela já estava entrando no laboratório. apressei o passo e entrei lá também.
Ao entrar fui chamado pelo Professor Birch.

Professor Birch - Hey Mizu! Fiquei sabendo que você derrotou a May logo na primeira tentativa. Isso é excelente! Ela vem me ajudando com minhas pesquisas a muito tempo. Ela já tem uma longa história como treinadora. Aliás, aqui Mizu. Eu encomendei isso pra um dos meus pesquisadores mas acho que você pode te-la.

Emerald - Ele me entregou um pequeno aparelho quadrado de cor vermelha.

Prof. Birch - A pokédex é uma enciclopédia de ala técnologia, ela salva automaticamente dados de todos os pokémons que você captura. May anda com uma dessa pra onde quer que vá. Toda vez que ela captura um pokémon raro e ele tem seus dados salvos aqui, ela vai atrás de mim quando estou em trabalho de campo apenas para me mostrar.

May - Oh! Mizu, você conseguiu sua pokédex assim como eu. Sendo assim eu também tenho algo pra te dar.

Emerald - (Corando)

May - Tome essas pokébolas. Vai ser divertido se você conseguir um monte de pokémons. Vou procurar em todos os cantos pois quero muitos tipode de pokémon. Se eu achar algum pokémon fofinho eu o capturo com as minhas pokébolas.

Emerald - Após as despedidas eu sai do laboratório e estava me dirigindo para Oldale quando minha mãe me avistou e gritou.

Mamãe - Mizu, espera! Mizu, Mizu, você se apresentou ao Professor Birch? Oh! Que pokémon adorável! você o conseguiu do Professor Birch? Que bom! Afinal, você e filho do seu pai...

Emerald - (pensando) Jura?

Mamãe - Você parece feliz quando está com um pokémon. Aqui querido, se você vai em uma aventura calce esses tenis de corrida. Para correr usando eles aperte o botão B.

Emerald - (pensando) Botão B? Ah sim, essa dica é pro player. Entendeu né? pra correr, aperta B aí!

(Eu) - Tá, tá, já entendi, mas vamos acelerar o passo porque só a introdução do jogo já pegou dois capítulos.

Emerald - OK! Voltando à história.

Mamãe - E pensar que agora você te seu próprio pokémon, seu pai estaria orgulhoso. Se acontecer qualquer coisa, você sempre pode voltar pra casa.

Emerald - Sai de Littleroot e corri até Oldale, mas decidi que ainda não ia sair dali, precisária de pelo menos mais um pokémon, fui ao norte de Oldale e me deparei com uma cena inusitada, havia um Torchic ali! um dos pokémons mais raros de todos. E é claro que eu entrei em batalha para capturá-lo.
Vai Mudkip! Use o tapa de lama!
O golpe acertou os olhos do torchic, mas também foi forte o suficiente para derrubá-lo, ele foi arremessado e se machucou pra valer. O torchic soltou um guinchado e o Mudkip acuou por um momento, mas nada que fosse interferir na nossa luta.
Mudkip! Agora use o investida!
O ataque acertou em cheio, deixando o Torchic em um estado muito próximo do desmaio. Mas o Torchic tinha espírito de luta, não se rendeu e contra atacou com um arranhar. O Mudkip conseguiu se esquivar, mas ainda teve a cabeça arrranhada pelas garras daquela criaturinha, o que não causou muito dano é claro.

Emerald - Ok! Agora é hora de te capturar. Vai pokébola!
A pokébola o acertou e então vieram aqueles momentos de tensão. Alguns segundos depois a pokébola parou e liberou três estrelinhas. O Torchic havia sido capturado. Mas um momento. Se havia por ali um torchic, poderia ter também um treecko?
Andei mas um pouco e qual não foi a minha cara de surpresa quando avistei um Treecko me encarando, estava só a alguns metros de mim, mas vi em seus olhos que ele queria me atacar.
Vai Torchic! Vamos testar suas habilidades!
Conferi na pokédex e o Torchic só sabia usar o araanhar e  o grunhido.não era muita coisa, mas já era o suficiente. a batalha durou pouco tempo, entre arranhadas e pancadas o Treecko foi o que enfraqueceu mais rápido.

Emerald - Ok! Mais uma captura. Vai pokébola!
Capturado! Ótimo, agora já tenho 3 pokémons.
Voltei para Oldale e segui para o centro pokémon. curei os meu pokémons e resolvi dormir por lá, o dia havia sido longo e no dia seguinte a verdadeira aventura começaria.

Fim Capítulo 2 Arco 1
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Pokémon - Diários de um treinador   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Pokémon - Diários de um treinador
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» FS9 - Os vários cenários do meu FS
» Cenários western sahara
» Selo dos 9 cavalheiros templários portugues
» [Brasil] Conheça os aviões e helicópteros dos milionários do agronegócio
» Ligação vários monitores

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Fanfics-
Ir para: